UOL Estilo UOL Estilo
09/01/2010 - 21h48

Em estreia no Fashion Rio, Lucas Nascimento eleva tricô a outro patamar

Alexandre Schneider/UOL

 

Tricô para você até hoje era aquele cardigã bonitinho para colocar em cima do vestido quando faz um friozinho? Então trate de esquecer esta definição. Em sua estreia no Fashion Rio, o brasileiro Lucas Nascimento, radicado em Londres há nove anos e conhecido por suas ótimas peças confeccionadas para outras coleções (a anglo-brasileira Basso&Brooke e a Ellus são algumas delas), elevou o tricô a um patamar muito mais elevado, trazendo para a contemporaneidade a técnica tão difundida por nossas avós.

 

Os ombros ganham destaque usando o corpo para criar uma geometria bonita e forte. O recorte da manga estilo casulo (com os braços meio que presos nela), na malha justa no corpo, dá uma curiosa sensação de aprisonamento e interação com colo, ombros, braços. Macacões igualmente justos, com texturas lembrando nervuras, aparecem como proposta, assim como a calça dourada, com mistura de lurex, curta, de cintura alta, estilo cenoura. Interessante. Mas os vestidos são a sensação, provocando desejo. Com qualidade, com ares de festa e de apuro técnico, mas sem parecer pretenciosos, os modelos de estreia da grife de Lucas Nascimento alegram e trazem um ar de frescor de experimentação à semana de moda carioca.

 

Clique para ver as fotos e o vídeo do desfile do estilista Lucas Nascimento.


Escrito por: Carolina Vasone


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Se acha parecida com Susana Vieira? Vá de Victor Dzenk

Os vestidos esvoaçantes, a cartela de cores e a modelagem evocam, do meu ponto de vista profissional, uma idéia de sensualidade e feminilidade um pouco ultrapassada e estereotipada. Esta foi minha avaliação da coleção para o inverno 2010 de Victor Dzenk, desfilada nesta sexta. O estilista, porém, faz sucesso no Rio, especialmente entre as atrizes globais.

 

Resolvi então ouvir de uma delas a opinião sobre o desfile. Escolhi a atriz Susana Vieira, sentada na primeira fila. Ela adorou. "Não sei de onde ele tira aqueles tecidos!", disse, impressionada por, segundo ela, a beleza do material. Listou ainda modelos que adoraria usar, entre eles um longo preto e um curto de ombro só em cinza.

 

Taí: se acha parecida com a Susana Vieira ? Então vá de Victor Dzenk.  

 

Alexandre Schneider/UOL

Vestidos desfilados por Victor Dzenk para o Inverno 2010

 

Clique aqui para ver as fotos e o vídeo do desfile do estilista.


Escrito por: Carolina Vasone


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Carpintaria fashion e babado sem frescura no dia 1

Melk-Zda já exerceu o ofício da carpintaria, ainda que em benefício próprio e numa tenra idade. “Meu tio tinha uma carpintaria. Quando era criança, nunca comprei um brinquedo na vida; fiz todos”, lembra o estilista pernambucano, que não só talhou carrinhos como também bonecas. “Minha irmã queria uma Barbie. Como não podíamos comprar, fiz uma para ela. Está certo que ficou uma Barbie meio estranha...”, conta.

 

VEJA AS FOTOS E VÍDEO DO DESFILE DE MELK Z-DA

Desfile de Melk-Zda para o Inverno 2009 nesta sexta (8)

 

 

 


O assunto é este porque o criador puxou de suas memórias de infância a inspiração para sua coleção do inverno 2010, apresentada na noite da última sexta (8). Os tons de madeira e de seus acabamentos compuseram uma bonita e sofisticada cartela de cores. A madeira de pinho, fácil de ser trabalhada por ser leve, foi utilizada para fazer os pinos pontudos que enfeitavam e serviam de botão para as roupas. E às roupas: elas faziam ondas, que davam leveza às peças, mas por serem estruturadas, e não molengas, conferiam força à mulher do estilista que, muito feminina, também ganhava força com os pinos pontiagudos ao longo da blusa justa que servia de segunda pele para o vestido cinza claro sem manga, curto, com gola grande e efeito de “onda dura” no caimento. Ou ainda, menores, usados como botões na jaqueta curta em bege feita com técnica de tapeçaria, com bordados em turqueza e aplicações de madeira em marrom. Uma belezura.  Na silhueta, as partes de cima geralmente são ajustadas na parte de cima com um volume comedido na parte de baixo. Muito conceito e muito feminilidade, receita certa para garantir destaque entre os melhores desfiles da temporada, mesmo que ainda no primeiro dia dela.

 

VEJA AS FOTOS E O VÍDEO DO DESFILE DE GIULIA BORGES

 

Desfile de Giulia Borges: estampas foram inspiradas no trabalho de Kristian Adam

 

Neste primeiro dia, entre os quatro desfiles (Auslander, Melk-Zda, Giulia Borges e Victor Dzenk), Giulia Borges, também com roupas mais estruturadas, durinhas, fez bonito para as moças ficarem femininas e nada bobas no próximo inverno. A proposta, porém, é outra. O medo infantil do escuro e as bonecas criadas pelo artista canadense Kristian Adam (ele tem um trabalho com viés surrealista e inspiração em formas orgânicas. Saiba mais no site do artista), Giulia caprichou na ocasião, em roupas mais arrumadas, jovens, no preto e branco com alguns momentos de vermelho, em babados nada açucarados, sem frescura (no sentido de serem frufrus demais), faixas de franzidos pontuais em barras de saias, calças, marcando a cintura. A desconstrução de algumas peças aconteceu na medida, dando graça aos looks. Tudo, aliás, muito gracioso.


Neste sábado, desfilam Walter Rodrigues,  o estreante Lucas Nascimento, Cantão e Printing.


Escrito por: Carolina Vasone


comunicar erro COMUNICAR ERRO
08/01/2010 - 20h25

Styling é destaque no primeiro desfile do Fashion Rio

O rock gótico com pitada punk foi a referência da marca Auslander para criar sua coleção do inverno 2010. Leggings lambendo as pernas de garotos e garotas, camisetas propositalmente com cara amassada, envelhecida, em frases do tipo provocativas como "Pornografia é o novo preto" (só que em inglês: "Porn is the new black", preto com branco na cartela de cores, na padronagem e estamparia: risca-de-giz e listras grossas.

 

Ombreiras foram destaque no styling do desfile da Auslander

 

Mas o destaque mesmo deste desfile foi o styling, ou, no bom e velho português, a produção dos looks para os desfiles. A partir de peças simpáticas, José Camarano criou boas imagens de moda valorizando os ombros, ora com franjas, ora com ombreiras em couro, reforçando a intenção das peças e dando o recado do que a coleção pretendia. Moicano de metal nos cabelos e correndo pela coluna de alguns modelos merece menção especial. Um ótimo exemplo de como transformar aquele vestidinho básico num "algo mais" fashion.

 

No final da apresentação, Rodrigo Santoro apareceu, interpretando a versão light do "gothic-rock"da grife.

 

Rodrigo Santoro encerra o primeiro desfile desta edição de Fashion Rio

 

Clique para ver as fotos e o vídeo do desfile da Auslander para o Inverno 2010


Escrito por: Carolina Vasone


comunicar erro COMUNICAR ERRO
07/01/2010 - 22h00

No Palácio das Laranjeiras, Fashion Rio para a imprensa

Paulo Borges, o governador do Rio, Sérgio Cabral, os patrocinadores do evento e atletas como o judoca Flávio Canto (medalha de bronze nas Olímpiadas de Atenas, em 2004) participaram de um anúncio coletivo sobre o Fashion Rio no início da noite desta quinta, aqui no Rio. A reunião, organizada para a imprensa, aconteceu no Palácio das Laranjeiras, sede do governo do estado, e serviu para cortar a fita oficialmente do evento, cujos desfiles só acontecem mesmo no final da tarde de amanhã.

 

Antes do primeiro look do Inverno 2010 da semana carioca entrar na passarela, haverá ainda uma festa de abertura para convidados, que começa daqui a pouquíssimo, por volta das 22h (o horário marcado no convite é às 21h, mas haverá o atraso fashionista e festeiro clássico), com show de Gilberto Gil e Jaques Morelenbaum no Cais do Porto, onde acontece o Fashion Rio desde a edição passada.

 

A presença de atletas na coletiva de imprensa de hoje tem relação com o tema do evento nesta edição: as Olimpíadas de 2016. A idéia é valorizar a cidade maravilhosa e os cariocas na fashion week com ações como a exposição de fotos de Ipanema realizadas pelo estilista da Osklen, Oskar Metsavaht e a mostra "Hoje mais sete", de Gabriel Mendes, com imagens de como anônimos, famosos e atletas estão se preparando para as Olimpíadas.


Escrito por: Carolina


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Aquecimento: Croquis do Inverno 2010

A cada temporada, os estilistas vão atrás de novas inspirações sobre as quais irão basear sua coleção, sejam elas referências pessoais, uma obra de arte, um disco, até mesmo um sonho.

 

Para este Inverno 2010, a Auslander, que abre a temporada nesta sexta-feira (8), às 18h30, pensou criações inspiradas no glamour surrealista gothic-chic. A Redley, sempre um dos destaques do Fashion Rio, optou por fundir o universo urbano à cultura de praia.

 

A TNG, que nesta estação será dirigida por Maurício Ianês, apostou em um inverno utilitário, com inspiração nas vestimentas dos caçadores e nativos do Canadá e Alasca, nos EUA. As mudanças ocorridas após a queda do muro de Berlim, na Alemanha, foram o ponto de partida para a coleção de Juliana Jabour.

 

A marca R. Groove, que deixou o agora extinto Rio Moda Hype para fazer sua estreia na programação oficial do Fashion Rio, escolheu a música como base para a temporada, com o álbum "Mar Revolto", de Carlinhos Brown.

 

Para ver os croquis e as inspirações de cada estilista para este Inverno 2010, é só clicar aqui.

 

Croqui de Melk Z-Da, que abordará a carpintaria em seu desfile nesta temporada


Escrito por: UOL Estilo


comunicar erro COMUNICAR ERRO

Ver mensagens anteriores: 10/01/2010 a 16/01/2010 03/01/2010 a 09/01/2010